Tudo aquilo que eu não disse /Kathryn Hughes

Entre um capítulo e outro intercalam-se as histórias de duas mulheres que em algum momento irão se cruzar.

Christina Craig (Tina) é uma jovem que vive um relacionamento abusivo nos anos 70, e luta constantemente entre seu amor próprio e o amor que sente por seu marido Rick. Ela sabe que não pode mais viver assim e apesar dos conselhos de seus amigos Graham e Linda, ela ama o marido e acredita que ele deixando de beber, tudo ficará bem entre eles. Tina, tem uma loja de roupas beneficente e um dia encontra no bolso de um paletó uma carta que sem querer, mudará sua vida. A carta estava endereçada a uma outra Christina e tinha sido escrita há 35 anos, mas embora lacrada e selada nunca havia sido postada, um dia Tina acaba lendo a carta e decide que vai procurar esta Christina e dar à ela o direito de ler esta carta escrita por Billy e que nunca foi entregue. E então vamos conhecer a história de Chrissie (Christina). Aqui a autora aborda um tema bem clichê que é a garota de “boa família” que se apaixona pelo rapaz humilde, isso não agrada ao pai dela que tenta a todo custo separá-los. No entanto, a história toda é muito bem construída, a maneira que autora explora esses temas aparentemente batidos nos faz refletir, até que ponto temos o direito de decidir o que é melhor para o outro, mesmo quando é alguém da família e as intenções são as melhores possíveis!? Todo mundo tem o direito de saber a verdade, não importa a situação, ou ainda, uma simples frase não dita pode mudar muitas vidas… Estas são grandes questões enfrentadas pelos protagonistas da história. Fiquei um bom tempo com essa história na cabeça, por pensar em como a vida da Chrissie poderia ter sido diferente se ela soubesse a verdade, a leitura flui muito bem, tem muitos acontecimentos. A única coisa que achei chatinha é a diagramação usada pela editora Astral Cultural, um pouco cansativa. E também tem uma questão entre Chrissie e Jackie que eu achei que poderia ter sido melhor trabalhada, não vou dizer aqui para não dar spoiler, mas quem quiser e já tiver lido, posso comentar em “off”. No geral gostei do livro e a história me agradou bastante, com certeza me interessarei em ler outros livros da autora.

Indico para quem está afim de ler um romancinho água com açúcar mas bem escrito.

Anúncios