Hurricane, O Furacão

Esta é mais uma história real e inacreditável… Se a injustiça tem um nome, seu nome é Rubin Hurricane Carter ou Hurricane o “furacão”.
Antes de mais nada, é uma história sobre racismo, discriminação e preconceito, aqui nós conhecemos o melhor e o pior do ser humano.
Interpretado pelo magistral Denzel Washington, Hurricane foi um famoso lutador de boxe negro na década de 60, época em que regimes como o Apartheid ainda vigoravam. Ele foi condenado injustamente à prisão perpétua por um crime que não cometeu, foi julgado por um júri composto em sua maioria por brancos e entre testemunhas coagidas e policiais corruptos, mesmo tendo esse julgamento cancelado, acabou sendo condenado novamente.
Não pôde receber o cinturão de campeão ao qual tinha direito e permaneceu preso por anos e anos até que corrigissem a injustiça. Na cadeia Rubin escreveu um livro “The 16th round”, e a forma como esse livro vai parar nas mãos de pessoas boas e que decidem ajudá-lo pelo simples fato de reaver uma injustiça a meu ver é o que torna esta história inacreditável, o que nos faz crer na humanidade ou no mínimo que realmente existe alguém maior que olha por nós e também uma história triste pela desumana e cruel prática do racismo.
Bob Dylan fez uma música na época muito conhecida de todos em apoio ao lutador cujo título leva o seu nome Hurricane.

“ Esta é a história de Hurricane, o homem que as autoridades vieram culpar por algo que ele nunca fez. Posto na prisão aquele que poderia ter sido campeão do mundo”
(Hurricane / Bob Dylan).
Dedico este post ao meu querido amigo Carlos Henrique que de tanto eu falar desse filme, disse que passou a se lembrar de mim toda vez que ouve essa música do Bob Dylan, rsrs.

Não consegui nenhum trailer dublado nem legendado, mas acho que as imagens falam por si só!